Home » Noticias » Mercado de flores vale seis milhões de euros

Mercado de flores vale seis milhões de euros

Segunda-Feira, 28 de Abril de 2014
Mercado de flores vale seis milhões de euros
O mercado de flores da Madeira movimenta todos os anos seis milhões de euros, de acordo com os dados fornecidos à Lusa pela Direção Regional de Agricultura (DRA), que regista uma redução das exportações. “Estes valores variam anualmente, já que dependem de variados fatores como as cotações alcançadas nos mercados pelas produções, e os fatores climáticos adversos e suas consequências. Há a registar várias intempéries que afetaram de forma muito significativa o setor, como temporais, incêndios e ventos fortes”, referiu à Lusa o Diretor Regional de Agricultura, Bernardo Araújo.

A floricultura de estufa ao ar livre é aquela que representa mais para este setor, ainda que se note “um aumento das estufas” devido ao facto de as explorações terem apostado “mais no fator tecnológico”.
A tradicional Festa da Flor constitui também um importante marco turístico na Madeira e, por essa via, do mercado de flores.
Os dados da DRA indicam que “a esmagadora maioria das flores de corte exportada é constituída pelo cymbidium (orquídea) e pelas próteas e, mais recentemente, pelas helicónias”, mas as exigências desta altura do ano dizem também que há um esforço de substituição da redução das importações por produção local.
Isso reflete-se nos dados, já que, “de 2011 para 2012, o valor das importações terá decrescido cerca de 150 mil euros, passando de 765 mil para 614 mil”, refere.
O mercado interno de flores continua muito centrado nas culturas tradicionais: crisântemos, gerberas, rosas e cravos.
A maioria da produção está no concelho de Santa Cruz, a sul da ilha, com 52% da área total de plantação e 43% das explorações, seguindo-se depois o Funchal.
Destas plantas, há um aumento significativo de folhagens, um complemento às flores de corte

jornaldamadeira

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *