Home » Noticias » Multas por causa de “pequenas” construções ilegais

Multas por causa de “pequenas” construções ilegais

Sexta-Feira, 13 de Junho de 2014
Multas por causa de "pequenas" construções ilegais
José Manuel Coelho criticou esta tarde o vice-presidente da Câmara Municipal de Machico por passar multas aos munícipes que realizam obras ilegais nas suas propriedades. O líder do Partido Trabalhista Português foi a este concelho esta tarde para dar conta do descontentamento da população, alegando que em causa estão pequenas obras, como uma casa-de-banho ou “um quartinho para o filho”.

“A população costuma fazer pequenas obras clandestinas nas suas habitações. As pessoas pobres, as pessoas do povo fazem uma pequena casinha-de-banho dentro do quintal, um pequeno quartinho, uma pequena arrecadação, um pequeno quartinho para o filho pôr o computador e estudar, enfim, obras de pequena monta. E o que acontece é que o sr. vice-presidente, o sr. Ivo Nunes Góis, anda de fita métrica e livrinho na mão, mais os fiscais, em cima disso”,.

José Manuel Coelho critica o facto de associado a esta vistoria estarem associadas depois multas aos infractores. “Vai multando os munícipes com pesadas coimas e pesadas contra-ordenações, de maneira que há munícipes, por terem uma pequena construção ilegal dentro do seu quintal, ou anexo da sua casa que fizeram de forma ilegal, vão pagar uma contra-ordenação muito mais caro do que o valor que a pessoa gastou a fazer o quartinho ou a pequena obra”.

Segundo o trabalhista, as pessoas estão revoltadas com a situação.

José Manuel Colho acrescenta ainda que estas medidas são “resultado dos meninos queques que não têm experiência da vida e que são colocados em lugares de responsabilidade e não entendem as dificuldades do povo”.

logodiariodenoticiasfunchal

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *