Home » Noticias » Polo comunitário de Machico aumenta serviços

Polo comunitário de Machico aumenta serviços

Terça-Feira, 13 de Agosto de 2013
Polo comunitário de Machico aumenta serviços
O polo sociocomunitário de Machico vai aumentar os serviços para proporcionar aos idosos que vivem sozinhos no concelho melhor qualidade de vida, anunciou hoje o provedor da Santa Casa da Misericórdia local. “Vamos passar a desenvolver acções pontuais no complemento ao apoio domiciliário”, afirmou, numa conferência de imprensa, nos Paços do Concelho de Machico, o provedor da Misericórdia, Luís Delgado, salientando: “A nossa função é optimizar o nível e a qualidade de vida que os nossos idosos devem ter no mais básico do seu dia a dia”. Entre os serviços que vão ser disponibilizados a partir de 01 de Setembro estão a teleassistência, a assistência psicológica, pequenos consertos na habitação, corte de cabelo ou tratamento de unhas.

Luís Delgado adiantou que esta nova valência do polo sociocomunitário, cuja coordenação cabe à Santa Casa, resulta da “feliz entrada de um grupo de cidadãos de Machico”, os “Amigos da Misericórdia”, com cerca de 30 voluntários.

O responsável referiu que, para já, vai decorrer um “levantamento exaustivo das pessoas que estão em casa sozinhas” ou que têm “dificuldade de mobilidade”, às quais vão ser proporcionados aqueles serviços e ainda uma consulta médica mensal, a racionalização da medicação, higiene oral ou alimentação se necessária.

“Vamos ter possibilidade de cada grupo de trabalho que vai estar em campo a visitar esses idosos ter um ‘iPad’ para que o idoso, em casa, possa ter contacto com os seus familiares na diáspora”, informou o provedor, considerando esta medida “muito importante”.

O provedor acrescentou que o polo visa igualmente dar apoio na área da formação profissional, através da criação de um mercado social em que os trabalhos executados pelos formandos possam ser comercializados nas grandes superfícies ou junto de turistas que visitam o concelho.

Neste âmbito, está também prevista a recolha de materiais que os cidadãos considerem irrecuperáveis, mas que podem vir a ser reutilizados em regime de trabalho comunitário para posterior comercialização, acrescentou o responsável.

Já o presidente da Câmara de Machico realçou o reforço de serviços quase um ano volvido sobre a criação do polo que o município integra.

“Não é objectivo do polo substituir-se a quem faz o trabalho, antes pelo contrário, mas fazer parcerias com quem já faz esse trabalho de modo a podermos chegar a mais lares, a mais gente, principalmente aos idosos”, declarou António Olim.

Criado a 27 de setembro de 2012, resultado de uma parceria entre várias entidades públicas e o apoio de empresas privadas, o polo sociocomunitário de Machico dispõe também de cantina social, lavandaria, vestuário ou banho público.

No ano passado, na cantina social, foram fornecidas 5.782 refeições. Este ano, até 31 de Julho, serviu-se 13.289 refeições, referiu Luís Delgado.

Diario de Noticias - Funchal
FOTO : Municipio de Machico

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *